Notícias

18/02/2020

Ecorodovias, CCR e consórcio da GLP disputam leilão da BR-101

Concessão prevê R$3,38 bilhões de investimento ao longo de 30 anos de contrato

A concessão da BR-101, em Santa Catarina, será disputada por três grupos: a Ecorodovias, a CCR, e o consórcio Way, formado pela Global Logistic Properties (GLP) e por construtoras de médio porte. O leilão será realizado na manhã de sexta-feira, na sede da B3, em São Paulo, mas os interessados em participar já tiveram que entregar suas propostas na manhã de ontem.

O vencedor do leilão será aquele que oferecer o maior desconto sobre a tarifa cobrada do usuário - o teto é de R$ 5,19, valor que será aplicado nas quatro praças de pedágio previstas. O edital não prevê disputa por viva-voz, mesmo que a proposta do segundo colocado fique próxima da do primeiro.

A concessão inclui 220,4 quilômetros da rodovia, em Santa Catarina. O trecho vai desde o município de Paulo Lopes (localizado a cerca de 60 quilômetros da Florianópolis) até São João do Sul, a dez quilômetros da fronteira com o Rio Grande do Sul.

A estrada fica entre duas concessões vigentes: ao norte, está a rodovia operada pela Arteris, por meio da concessionária Autopista Litoral Sul, e, ao sul, a Rodovia de Integração Sul (RIS), sob responsabilidade da CCR desde o ano passado.

Por conta dessa potencial sinergia, a participação da CCR já era dada como certa pelo mercado.

O interesse da Ecorodovias tampouco foi uma surpresa. Os executivos da companhia vêm declarando desde o ano passado sua intenção de participar do leilão da BR-101/SC.

O consórcio Way, formado por GLP e construtoras menores, é um participante relativamente novo no setor de concessões rodoviárias, mas já tem planos de disputar diversos leilões de infraestrutura nos próximos anos.

Em dezembro, esse mesmo grupo (com pequenas variações na composição do consórcio) venceu o leilão rodoviário da MS-306, do governo do Mato Grosso do Sul. Esta foi a estreia no mercado da GLP, empresa controlada por investidores estrangeiros e que, no Brasil, é líder no setor de galpões logísticos. Parte das construtoras que integram o consórcio já tiveram experiência como operadoras no passado, na MGO Rodovias - concessão em Minas Gerais que mais tarde acabou sendo vendida à Ecorodovias.

A principal surpresa na concorrência da BR-101 foi a ausência da Arteris. A companhia era dada como uma certeza na competição - até os últimos momentos da entrega de envelopes na B3, os demais concorrentes ainda tinham dúvidas se algum representante da empresa apareceria.

Assim como no caso da CCR, a Arteris parecia candidata natural ao leilão por conta da proximidade do trecho leiloado com sua concessão vigente, do Litoral Sul.

Procurado, o grupo afirmou que decidiu ficar de fora do leilão porque preferiu priorizar a finalização do Contorno de Florianópolis - principal obra do contrato de concessão da Autopista Litoral Sul. A construção do contorno sofreu sucessivos atrasos nos últimos anos e se tornou um verdadeiro imbróglio, marcado por imprevistos da obra, dificuldades na obtenção de licenças e problemas na negociação com as autoridades.

“A companhia decidiu concentrar seus esforços de curto prazo na finalização das negociações com o governo federal e na mobilização do trecho sul da obra. A empresa já investiu cerca de R$ 1 bilhão e, atualmente, conta com 1.300 trabalhadores nos trechos já em andamento da obra”, afirmou o grupo, em nota.

Ao todo, a concessão da BR-101/SC prevê R$ 3,38 bilhões de investimentos em obras, além de outros R$ 3,99 bilhões em despesas operacionais ao longo dos 30 anos de contrato.

O trecho já está totalmente duplicado, e seu fluxo já é considerado consolidado, com pouca concorrência de outras estradas - fator que dá mais segurança ao futuro concessionário. Cerca de 60% da movimentação é de veículos de carga.

Como parte dos novos investimentos, o vencedor do leilão de sexta-feira terá que construir uma terceira pista em 98,3 quilômetros da via, além de 70,3 quilômetros de vias marginais e outras melhorias no trecho.

Fonte: Valor Econômico Online

Voltar para histórico de notícias

FALE DIRETO COM A GENTE

Entre em contatoENTRE EM CONTATO

VIDEO CORPORATIVO

Assista no nosso canal do Youtube